segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Boas Festas!


Este post é só para deixar aqui as Boas Festas ao pessoal "Filipado" e o desejo de que tenham um óptimo ano de 2011, no qual prevejo, não sei porquês, ter que regressar, tal como alguns de vós, à irreverência dos tempos em que frequentei o Liceu.

Abrçs. e bjs. a quem de direito.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Cromos da Bola


Este é o nome de uma rubrica, a qual está inserida num blogue que fiz há uns tempos (Odivelas Um Rumo) e onde poderão ver imagens de alguns dos melhores jogadores de futebol de todos os tempos, muitos deles do nosso tempo de Filipa.

Esta rubrica, Cromos da Bola, é actualizada todos os dias às 18.30h.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Novidades de Dezembro

Como sabem sou um amante do Verdadeiro Almanaque, conhecido por Borda d’Água. Antigamente era vendido em quiosques e por vendedores de jogo, mas hoje em dia passou a ser vendido por pessoas de leste cuja estadia em Portugal não deixa de ser bizarra. Não só isso, como vendem mais caro que o preço de capa, para além de termos de ouvir uma ladainha qualquer numa verbalização que se aproximará longinquamente a português e termina invariavelmente em fome e comer. No meio ainda podemos ser forçados a comprar uns pensos cuja higiene é, notoriamente, bastante duvidosa. Nunca sei se o aplicasse numa ferida ficava com esta protegida ou se ganharia a certeza de contrair todas as doenças que caibam nesse penso, para além de pulgas e outros animais domésticos.

Mais relaxado vamos lá então ao meu estimadíssimo Almanaque. E sobre o fascinante tema da Astrologia, que nos deixa sempre ansiosos de amanhãs idílicos e cheios de gratas quantidades que felicidade e amor que o Insondável nos fará a especial honra de nos obsequiar, vou descrever o que nos dirá, então este mês de Dezembro.

As Mulheres

As mulheres nascidas em Dezembro são muito formosas, galantes, sensíveis às homenagens, mas por vezes levianas. Na idade avançada tornam-se orgulhosas, intrigantes e atrevidas. Geralmente vivem até longa idade. Diz o ano 2000. Em 2001 elas são belas e perfeitas, vivendo até longa idade. São muito tímidas na mocidade e tornam-se depois atrevidas e intrigantes. Quando casadas são ciumentas. Em 2002 possuem as mulheres de Dezembro grande beleza, sendo muito perfeitas. Por vezes são levianas, caprichosas e sensuais. Com o avançar da idade tornam-se orgulhosas, atrevidas e intrigantes. Quando casadas são ciumentas. Geralmente, vivem até longa idade. Em 2003 ficam a ser, estão belas e muito tímidas na sua juventude. Quase sempre vivem até longa idade.

Os Homens

Os homens nascidos em Dezembro são ambiciosos e capazes de tudo para vencerem na vida, ainda que por vezes por processos nem sempre muito correctos. São estudiosos, diligentes e trabalhadores obstinados, ambicionando elevadas situações. Assim se caracterizavam no ano 2000. Em 2001 são, então, positivos e ambiciosos, tudo fazendo para vencer na vida, ainda que nem sempre por processos correctos. São trabalhadores obstinados, prudentes e astutos. Para 2002 o vaticínio é de serem estudiosos, trabalhadores obstinados, prudentes e astutos, além de positivos e ambiciosos para vencer na vida, ainda que por processos pouco correctos. Adoram os prazeres da vida. Ocupam-se de política, mas de política prática. Para 2003 resumem-se os nativos a serem muito prudentes e volúveis. Ambicionam situações elevadas e são persistentes trabalhadores.

Não tenho o ano de 2004 e de 2005 em diante a astrologia perde estas características fascinantes, ganhando uma dinâmica mais mística e virada para pessoas apreciadoras das últimas páginas das revistas Maria e afins.

Não quero, no entanto, deixar ninguém que tenha nascido em Dezembro de mal comigo, pois se me recordar que no dia 25 celebrarei o nascimento de Jesus, não estou a vê-Lo ser ambicioso e capaz de tudo para vencer na vida, sobretudo para quem se mostrou morrendo… mas enfim, não deixará de ser curioso!

Para as nossas meninas de Dezembro, já notaram que após o casamento se tornam mais ….. como dizer….. sogras? Mentira! São sempre belas, lindas, perfeitas, galantes, formosas e demais adjectivos que ficarão sempre aquém daquilo que é serem elas próprias!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Há 16 dias que aqui não publicava ...


Venho diariamente a este blog. Faz parte dos meus percursos cibernéticos. Constato com alguma tristeza que poucos são os que contribuem para este espaço... Tenho dificuldade em aceitar uma resposta plausivel a esta pergunta: porque que é que somos tão poucos a contribuir? Não há interesse... é isso?

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Auxiliares

Isaura
Conceição
Sr. Zé
Bárbara
Zulmira
Sr. Mário
Glória
Leonor
Augusta
Emília
Teresa
Alda
Dilara
Mercedes
Sónia
Celeste
Sr. António
Rita

Professores sem referência à disciplina

Gudrum
Carmo Pólvora
Letícia Clemente da Silva
Odete Santos
Mosca
Fátima Dart
Ilda Parada Leitão
Ondina Marques
Olga Reis
Alice Sousa
Maria Conceição Raimundo
Virgínia Paraíso
Eulália Frazão
Lino Neves
Elvira Barata
Maria Luísa Viegas
Maria de Jesus Pelote
França Borges
Daniel Marques da Silva
Marine Alberty
Ofélia
Maria José
Carmen Sofia
Armando Pereira
Teresa Dias
Margarida Ramalho
Verdasca
Maria helena Painho
Rosarinho Apleton
António Urbano
Fátima Cancelas
Judite Aranha
Maria José Serrão
Ivone
Eduarda BArbosa
Maria José Pontes
Maria de Deus Carvalho
Jorge Batista
Margarida Relvas

Professores de História da Arte

Teresa Almeida

Professores de Biologia

Lurdes Neves
Colaço

Professores de Direito

Alice Pimentel

Professores de Psicologia

Amandio

Professores de Trabalhos Oficinais

Ferrão
Lídia

Professores de Filosofia

Amandio
Barbosa
Paixão

Professores de Quimica

Graça
Atira apagadores

Professora de Ciências

Alice

Professores de Desenho

Francelina - Foi minha professora e retenho ainda hoje uma resposta que ela nos dava sempre que alguém dizia "Já fiz!" - "Então limpe, se faz favor!". Ainda fomos todos ao velório na Igreja São João de Deus.
Ondina

Professores de Educação Física

Sena Pinheiro
A nossa associada Adelaide Patrício
Camila
Margarida
Tavares

Professores de matemática

Otília
Pedro Ventura
....... Zulema
Manuela
Carmina Viegas
Alice Bana
Emanuel
Judite Barros
Maria Inês
Jules
Maria dos Reis Bento
Maria Santos

Professores de Geografia

Ilda Penim
Otília Castro
Luísa .....

Professores de Física

"Chumbinho"
Gertrudes Apleton Figueiredo
Daniel Silva
Maria Gertrudes Abreu Bastos
Dona Xepa
Barco à vela ou fisiquinhas ou outros mimos - Este professor tinha uma característica ínvulgar. Não fixava os alunos olhos nos olhos. Parecia que o seu olhar estava sempre noutro ponto. Havia alguns que diziam, coisas típicas desta altura, que se ele nos olhasse nos olhos nos ficaríamos logo hipnotizados! Recordo de o ter visto num fantástico programa de sábado à tarde, ou coisa parecida, daqueles com um tipo brutalmente característico de vazio, de sua graça Luís Pereira de Sousa. O programa era um colecionar de coisas diversas sem elo entre elas. E um dia, lá foi parar este nosso professor com a sua enorme capacidade de memorizar e pela mesma ordem colecções inteiras de números.
Não me posso esquecer a cena de um dia, por alturas do carnaval, um aluno ter levado para a sala de aula uma daquelas caixinhas que tinham de um lado passarinhos e do outro uma vaquinha a mugir. Resolve brincar ( ai que malandreco!) e toca de nos fazer ouvir os passarinhos. O nosso professor dirige-se à janela com o intuito de ver os animais. Como é de esperar a turma fica vagamente espantada. Uma aluna ( um beijinho para ti, E.) resolve bater no tampo da mesa, penso que dando um sinal de ausência de raciocínio do professor. Ao escutar esse barulho o professor dirige-se, então à porta da sala è espera de alguém. Aqui já não houve perdão e a risota já foi geral. O professor que não percebeu o motivo do riso, mas pensou ( e bem) que fosse por causa dele, fez aquele gesto peculiar do braço, como se fosse o sabichão daquele jogo que nós jogavamos, e onde parou o dedo, disse: "Rua!", e não é que calhou logo numa das melhores alunas? Ela cora brutalemente, e pergunta: "Eu, professor?" E nova explosão de risos. Outro bracejar, qual sabichão, e mais um brindado com a rua. Alguma perturbação que deu em 5, se a memória não exagera estas coisas, para a rua! Bem apanhado devem ter sido uns cinco minutos alucinantes! Passados mais de 30 anos, ainda me lembro tão bem desta cena!

Professores de História

Os nomes que ficaram registados deixam uma valente mostra da capacidade crítica dos alunos.

Nazi! - vejam bem o que é que os alunos pensavam desta professora!
Cenourinha - Esta foi minha professora e posso dizer que apesar de ser a terceira vez que nos estavam a explicar a revolução industrial e o feudalismo, relembro um grande profissionalismo desta professora.
Estela Castro
Adérito Tavares - Já por aqui muito falado. Foi um professor que fez memórias calorosas.
Ana Rias.

Professores de Francês

Liberata Maria Henriques
Maria Aliete Galhoz
Júlia Maury
..... Coelho

Liberata Maria Henriques

Ou, mais concretamente a professora de Francês cujo nome que nos ficou na memória era somente Liberata.

Escreveu um ensaio, "A gíria académica" de 9 páginas que foi publicado em 1935, na Revista da Faculdade de Letras, ano 1935, tomo II, nº2

Em 1933 a Faculdade de Letras de Lisboa promove o afastamento do Professor Rodrigues Lapa após a sua conferência "A política do idioma e as Universidades" feita a 15 de Fevereiro de 1933. Esta acto da Universidade provoca um movimento de solidariedade entre os alunos e nos dias 2, 3 e 4 de Março de 1933 fazem parede às aulas e organizam uma visita conjunta a casa do Professor. Esta comportamento equivaleu a uma suspensão por 15 dias à nossa professora Liberata.

Com os dados que se recolhem da net ficamos com a ideia que deve ter nascido entre 1910 e 1915. Ou seja, quando foi minha professora tinha entre 62 e 68 anos. Atrevo-me a dizer que tinha ela e o seu casaco de astrakan, peça que sempre utilizava no Inverno.

Era dona de uma postura hirta e frontal, com um ligeiro sibilar, que não seria alheio ao facto de leccionar a língua francesa. Queixava-se com frequência do giz e de que o mesmo lhe incomodava as mãos.
Não menos famosos também os seus lenços, muito femininos por sinal, que tinham uma renda que era visível quando deles fazia uso.

Professores de Inglês

Bruxa - quem quer que ele fosse deixou uma imagem cuidada!
Maria Helena Dá Mesquita
Maria do Céu Saraiva Jorge
Elsa Azevedo
Filomena Póvoas

Professores de Português

Rosa Catalão Lopes
Alice Roubbaud
Filomena Serra
Maria Lopez
Ivone dos trapos
Mata maridos
Fernanda ...
Rosa ....
....... Rodrigues

Mais nomes que nos foram trazidos pela AAAFL

Professores

Abre-se aqui uma secção diferente das usuais. Nada mais nada menos que a secção referente a quem deu, seguramente, o seu melhor com o intuito de nos fazer melhores seres humanos.
A professora que se apresenta é Maria Letícia Clemente da Silva, referida por ex-alunos na adesão à AAAFL. Não nos é referida a disciplina que lecionava, pelo que vamos registar, para já, pelo nome.


Fazendo uma pesquisa pela internet, de onde foram retiradas as imagens que se mostram, ficamos a saber que se casou em 22 de Junho de 1940 com o escritor e pintor Mário Dionísio. A pintura que se segue é de seu marido e data de 1942.


Esta professora era uma "rebelde", se assim o podemos qualificar, pois que esteve contra o regime da altura, tendo por isso sido expulsa em 1947, o que a fez processar o estado, o que provocou o seu reingresso em 1955/56.
Colaborou com o Jornal "A Capital" com pseudónimo e sobre assuntos relacionados com o ensino durante os anos de 1968 e 1969.

Esta mínima apresentação, procura ser uma porta que se abre.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

E agora?

Já temos Orçamento para 2011 e já temos AAAFL!

Que conteúdos é que vamos colocar dentro da AAAFL?

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Tens Facebook?

Então no perfil do Liceu, http://www.facebook.com/profile.php?id=100000701053936 vais encontrar 2 eventos.

1º O da Assembleia Geral http://www.facebook.com/event.php?eid=150950394947585&index=1 onde podes confirmar a tua presença.

2º O do jantar que se vai seguir.http://www.facebook.com/event.php?eid=158714924163939 como já deves ter reparado pelas várias fotografias que aqui vão sendo colocadas os jantares são sempre muito animados e divertidos!

E quanto aos corpos sociais


Francisco Braz Teixeira

Rui Maçarico

Ana Manela Ribeiro

Bella Isa Rodrigues

Filomena Pires

Cristina Viegas

Gonçalo Carvalhinhos
Margarida Netto

Nuno Tuna

Magda Cruz

Carlos Tutty Afonso

É só carregar nos links para saberes quem somos!

Quer ser sócio?

Até à Assembleia Geral serás Sócio Fundador.
É simples vais aqui e podes fazer on line a tua inscrição.

Se não fizeres agora, vais fazer quando?

AAAFL

Quem se propõe para os Orgãos Sociais

Assembleia Geral
Presidente – Bella Isa Sampaio Rodrigues
Secretária – Filomena Maria Martins Abrantes Pires
Secretário – Carlos Manuel Sousa Simões

Direcção
Presidente – Francisco Lage Raposo Braz Teixeira
Vice-Presidente – Maria Margarida Avelar Santos Nunes Marques Netto
Tesoureiro – Ana Manuela Neto Braz Ribeiro
Secretário – Gonçalo Pinheiro Caldeira Carvalhinhos
Vogal – Rui Alberto Beja Maçarico
Vogal – Nuno Manuel Valente Rodrigues Maldonado Tuna
Vogal – Magda Sofia Gonçalves Pereira Cruz

Conselho Fiscal
Presidente – Maria Cristina Simão Viegas e Costa
Vogal – Carlos Alberto da Silva Afonso
Vogal – Direcção da Escola Secundária Dona Filipa de Lencastre

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Um aplauso.



Ao acompanhar pela net o trabalho de todos os que têm estado envolvidos na criação da Associação de Estudantes, daquela que foi durante alguns anos a minha casa, e com pena de neste momento não ter possibilidade de dar uma ajuda como tanto gostaria, não posso deixar de dar a todos os envolvidos, os parabéns e um forte aplauso.

Já agora, se alguém quiser saber de mim, é só clicar aqui.

Mais ex alunos


Joao Maia Abreu. 

Mais ex alunos


Maria Barroso também foi aluna do Liceu na década de trinta. Resta saber se chegou a andar no actual edifício, pois que o primeiro ano escolar foi de 1940/1941. De acordo com informação pessoal da wikipédia, nasceu em 1925, pelo que terá feito o Liceu dos 13 aos 15 anos, ou seja de 1938 a 1940/1941, pelo que, caso tenha feito o 5ºano (actual 7º ano de escolariedade) no Liceu Filipa de Lencastre, terá sido uma das que o inaugurou.

Um dia esperamos poder responder a esta, e outras questões sobre o Liceu. Contamos com a AAAFL para o fazer! 

Instruções para a Assembleia Geral

A Assembleia Geral Constituinte vai ser realizada na Biblioteca do Liceu. Para lá da informação que já todos devem saber sobre a oportunidade de pertencerem ao conjunto de pessoas que serão fundadoras, pois que se associam antes da Assembleia Geral, logo estão empenhados desde a sua fundação, há pequenos detalhes sobre o modo como lá chegar.

A Escola tem que fechar a porta principal às 19.00 horas. E, sendo precisamente essas as horas em que se dará início dos nossos trabalhos, ficamos invitavelmente com um problema para resolver, ou seja como entrar e sair da Escola?

Vamos ter que usar a porta lateral direita ( a que foi utilizada no ano passado como porta de entrada, que é a mesma que fica do lado do técnico, do INE e da Mexicana!), depois subimos até ao bar. percorremos o corredor do rés do chão até ao átrio principal, subimos as escadas e, como se lembram, a Biblioteca fica por cima do átrio principal.

Para uma AAAFL

O nosso objectivo quando nos juntamos e partimos para esta aventura era, tal como em todos os momentos em que tivemos a oportunidade de nos reunir, responder à pergunta:



Porque é que não criamos uma Associação de Antigos Alunos?


Ora é precisamente com essa enorme vontade que nos juntamos e vimos ter convosco para pedir o vosso voto de confiança para que possamos constituir essa Associação.

O que é que podemos prometer?

Quais são as nossas expectativas?

O que é que podemos fazer?

Antes de mais nada, nós, aqueles que se propõe a ocupar os corpos sociais, queremos acima de tudo, ser um pouco o espelho, os braços e as mãos de todos os antigos alunos e dar forma e corpo àquilo que nos une. O facto de termos boas memórias dos tempos da adolescência em que crescemos todos dentro, e fora também, desta grande casa que foi o Liceu, ou a Escola Secundária D. Filipa de Lencastre.

Assim é a nossa primeira e principal tarefa reunir o maior número possível de ex-alunos e trazê-los para a Associação. Se em cada ano estiveram perto de um milhar de alunos, distribuídos pelos 5, e depois 6 anos de escolaridade, temos que ao longo de 81 anos de vida que tem esta nossa casa, fomos seguramente mais de 20.000 alunos! Há, portanto um longo trabalho para realizar.

Claro que também vamos querer juntar as pessoas em eventos. Sejam eles jantares, festas ou o que se venha a proporcionar. Já os temos realizado e não será agora que os iremos deixar de fazer!

E gostávamos de ter tempo e energia para fazer muito mais, mas temos que ser comedidos no que prometemos! Está nos nossos planos digitalizar, tanto quanto seja possível, os arquivos do Liceu. Promover núcleos desportivos e culturais de seniores ex-alunos. Fazer exposições dos mais variados temas, sendo que envolverão necessariamente ou o Liceu, ou ex-alunos ou esta nossa envolvente.

domingo, 24 de outubro de 2010

Assembleia Geral

No próximo dia 12 de Novembro pelas 19.00 e dentro do Liceu, vamos realizar uma Assembleia Geral com o intuito de aprovar os Estatutos e os corpos sociais.

Assim podem ver a proposta de estatutos aqui
Quem se fizer associado até à data da Assembleia Geral será Associado Fundador!

No Facebook está a correr um evento com este título e é só confirmar a presença, bem como deixar todo o tipo de sugestões e ideias!

Um forte abraço a todos a comunidade de ex-alunos do Filipa!


Comissão instaladora da AAAFL







Reunidos no passado dia 19 para se tartar de assuntos como os estatutos e a ficha de inscrição.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Já temos

Sede social! - Será no Escola Secundária/Liceu Dona Filipa de Lencastre

Uma espaço - ainda por definir onde, mas há a boa vontade da Direcção!

AAAFL - Associação dos Antigos Alunos do Filipa de Lencastre

Já se fala há muito tempo desta Associação. Várias gerações se têm queixado da urgência e necessidade de haver uma elo, senão mesmo, um pilar ao qual pudessemos todos recorrer para reencontrar os nossos amigos daqueles tempos!

Já houve movimentações importantes e já há muita coisa a ficar pronta.

Já há estatutos. Já há corpos sociais indigitados. Já há muita vontade dar corpo a essa estrutura.

No Facebook foi lançada uma pergunta muito interessante, que copio para aqui:

O que espera da AAAFL?

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Novidades

Está em constituição a Associação de Antigos Alunos do Filipa de Lencastre.

Acho que não é preciso dizer, mas estão TODOS convidados a participar!

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Imitadores, ou não.


Anda por aqui uma quantidade de gente há uma carrada de anos a trazer para o presente as nossas doces e queridas lembranças da juventude e, eis que, do nada, lá aparece um "cromo" que, com uma graça muito sui géneris, transporta para o éter todas as manhãs dois pequenos episódios destas nossas memórias. Não satisfeito com esse notável feito, ainda resolve editar um livro que tem tido um êxito estrondoso. Quase ao nível de um Dan Brown! Porque é que não nos lembramos disso?

O curioso desta nossa geração é que para além de particularmente criativa, somos estupidamente nostalgicos. Assim, é com muito gosto que vos apresento este conjunto de memórias também nossas editadas. Se quizerem ouvir algum programa vão à Rádio Comercial e têm lá o arquivo.   

Afinal é geral!

Os internautas estão a virar-se para as redes sociais e a demitir-se da produção de conteúdos para partilha na Web, revela um relatório publicado esta semana pela Forrester Research.


De acordo com as conclusões preliminares da análise, agora divulgadas, o número de utilizadores de serviços como o Facebook, Twitter, LinkedIn, Hi5 ou MySpace continua a aumentar, enquanto a percentagem daqueles que escolhem contribuir para a publicação de conteúdos online não regista qualquer crescimento entre 2009 e 2010.

A tendência verifica-se à escala global, sendo que em nenhum dos mercados considerados se verificou qualquer aumento do número de produtores de conteúdos. Olhando para a utilização das redes sociais, verificamos que na Europa este tipo de serviços viram o número de novos utilizadores crescer 11 por cento no espaço de um ano.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Coisas novas do blogger

O blogger já nos dá estatísticas das visitas que esta casa vai tendo.

E querem acreditar que, mesmo com o marasmo de participações alimentado apenas por dois ou três, temos uma média superior a 75 visitas dia!
E que tivemos 2.464 visitas em Julho, 1.935 em Agosto e neste mês de Setembro já temos 2.310 visitas.

E hoje, às 10 da manhã, qualquer coisa como 19 vieram saber novas da casa!

A actual concorrência do Facebook é forte e leva que muita gente não se entusiasme a participar, mas, no entanto, mantêm o interesse nesta casa!

É bom sinal! Muito bom sinal.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Associação de Antigos Alunos

Este assunto, que já anda no ar há tanto tempo, vai ter hoje, finalmente, um desenvolvimento que esperamos definitivo.

No último jantar, no passado sábado, foi sugerido que todos os voluntários dispostos a darem o seu contributo a esta iniciativa se reunisssem no Domínio Público pelas 21 horas de hoje, terça feira, 28 de Setembro. Já há duas propostas para estatutos e esperamos que apareçam mais para que seja a melhor escolha possível!

Para quem ainda não sabe onde fica o Domínio Público ( também em formato blogue) é só ir à Rua de Entrecampos nº 12B perto do Campo Pequeno.

Tendo em conta que o nosso Liceu foi fundado em 1928/29, temos a ambição de ser uma associação que reúna as 81! gerações de pessoas que frequentaram o Liceu!

Há quanto tempo não vais à Janela?

Há quanto tempo não vais à Janela? Vai lá espreitar. Vá lá...

Imagine

Imagine there's no Heaven It's easy if you try No hell below us Above us only sky Imagine all the people Living for today Imagine there's no countries It isn't hard to do Nothing to kill or die for And no religion too Imagine all the people Living life in peace You may say that I'm a dreamer But I'm not the only one I hope someday you'll join us And the world will be as one Imagine no possessions I wonder if you can No need for greed or hunger A brotherhood of man Imagine all the people Sharing all the world You may say that I'm a dreamer But I'm not the only one I hope someday you'll join us And the world will live as one ... (John Lennon - The Beatles)

Abstenção...


Em Política, abstenção é o acto de se negar ou se excluir de fazer opções políticas. Abster-se do processo político é visto como uma forma de participação passiva, não como exclusão social. Muitas vezes, a abstenção é uma forma de protesto contra a obrigatoriedade do exercício do voto. A abstenção eleitoral é uma atitude política defendida pelos anarquistas e condenada por grande parte dos democratas e pessoas que apoiam o voto obrigatório. In Wikipedia


E SE NÃO FOR EM POLITICA? SE FOR NO BLOG DO NOSSO ANTIGO (AS MEMORIAS SÃO ETERNAS...) LICEU? Será desinteresse, desprezo?

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Jantar dia 24


Cá vamos nós, mais uma vez, folgazar que nem uns perdidos!
O jantar custa 18,5 euros.
Tem direito a saladinha para as meninas continuarem as elegências brilhantes que nos encantam há tantos anos.
Depois segue um pratinho de peixe ( lá terá que ser um bacalhau com espinafres e broa!) e depois um pratinho de carne ( uns medalhões de cair para o lado!).
Uma mesa de sobremesas que dão para fazer os olhos saltarem das órbitas!
Café.......

Água, sumos, vinho e cerveja até ao café incuídos!

Para os mais afoitos a um pézinho de dança, já está anunciada a presença de um DJ e, portanto vair haver show de dança!
Se houver muitos pedidos e palmas, pode ser que ainda faça uma dança no varão ;-) !

sábado, 18 de setembro de 2010

Pergunta ao Francisco Braz Teixeira

O Francisco Ribeiro Meneses de que se fala lá mais em baixo deve ser irmão do Filipe, autor da biografia do Salazar? É que o entrevistei há uma semana - e, pelos vistos, também andou no Filipa.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Também andou no Filipa

Eu era o nº 7, e o fotografado era o nº 8. Anos de 1977 a 1980


O ambiente formal em que trabalha - "haverá mais formal que isto?", questiona - contrasta com o que vivia no início dos anos 80. A Sétima Legião surgia em 1982, com Rodrigo Leão (baixo), Pedro Oliveira (voz e guitarra) e Nuno Cruz (bateria). Regressando dos Estados Unidos em 1983, Francisco Ribeiro de Menezes - diplomata e filho de diplomata - começava a escrever as letras das canções ouvidas ainda hoje. "É, sem dúvida, uma das coisas de que mais me orgulho."

Actualmente, é chefe de gabinete do ministro dos Negócios Estrangeiros. Estudou Direito na Universidade de Lisboa com Pedro Oliveira, seu primo, quando arrancaram com a banda. "Tínhamos quase todos 18 anos. Nessa altura as coisas são inevitavelmente muito fortes. Vivíamos as primeiras grandes discussões sobre que tipo de som fazer, que projecção dar ao lado pop e ao lado tradicional da música."
A conjugação de um imaginário, uma parte popular portuguesa e a recuperação de temas de bandas inglesas davam origem ao projecto musical. Pouco depois juntava-se o violoncelo e a gaita-de-foles. E com o apoio de Miguel Esteves Cardoso e Ricardo Camacho, da editora discográfica Fundação Atlântica, editavam o primeiro single, "Glória", em 1983.
Cedo percebeu que gostava de escrever. As letras da Sétima Legião, quase todas da sua autoria, eram escritas depois de terem uma base instrumental. "Foram cadernos e cadernos, noites e noites", relembra. Chegaram a duvidar, numa fase inicial, se deveriam escrever em português. Mas ultrapassaram a hesitação. "'Sete Mares' é, aliás, das melhores canções cantadas em português. Emocionante do princípio ao fim."
"A Um Deus Desconhecido" (1984) e "Sexto Sentido" (1998) são os álbuns que destaca como mais marcantes e que ainda hoje ouve. "Foram discos honestos e muito inspirados na vida que tínhamos." E essas boas memórias continuam a ser prolongadas por encontros regulares.
"Apesar de cada um ter a sua vida e de termos pouco tempo, um reencontro da banda não é uma ideia posta de parte. Há pouco tempo, o Pedro Oliveira deu-me duas letras para fazer. Fiquei feliz da vida", conta. "E até consegui escrever uma num feriado."
(Texto original publicado na Revista Única da edição do Expresso de 13 de Março de 2010)