sábado, 26 de maio de 2007

PAUSA PARA PUBLICIDADE NÃO-COMERCIAL

Confirmando, mais uma vez, o nosso sábio refrão — «em todo e qualquer lado há sempre um filipado» —, encontrei ontem uma catrefada deles, madrugada dentro, em estrondosa festa de grande amigo não-filipado, mas em espaço de filipado (tinha que ser!). Dito isto, que é pouco mais do que conversa de ressaca, fica aqui, muito especialmente para certos filipados distraídos, que passam por cá volta e meia (alguns, «contribuidores» do blogue e tudo!), mas não sabiam que eu tinha um blogue pessoal, a ligação — em destaque — ao meu estabelecimento particular: Eternas Saudades do Futuro.

the ghost in you

quarta-feira, 23 de maio de 2007

Meat Loaf "PARADISE BY THE DASHBOARD LIGHT" 1978

8 minutos e 26 segundos fantásticos!

A vossa atenção

Caros bloggers,

Pertenço À actual Associação de Pais e venho pedir-vos ajuda.

O Filipa está a cair (como mostram as fotografis que peço o favor de carregarem aqui).

A necessidade de obras é do conhecimento do Ministério da Educação, no entanto, por invariável falta de dotação orçamental, os trabalhos estão desde há décadas na iminência de ser iniciados.

Venho pedir-vos se nos podem indicar nomes sonantes que tenham sido antigos alunos do Filipa para que ao serem informados do que passa nos ajudem a interceder junto do poder político. Queremos chamar a atenção para este triste estado perene das coisas. O único nome que temos de fonte segura é o de Maria de Lourdes Pintassilgo, que já faleceu, outro que aparece mas sem certezas é o de Maria Barroso. Há algum anuário antigo de que tenham conhecimento?

Grata pela vossa atenção
Patrícia Almeida Carvalho


ps O Vasco Fontes foi meu colega no Técnico onde acabei por ficar como professora. O mundo dá voltas...
Patrícia Almeida Carvalho

Fotos








terça-feira, 22 de maio de 2007

Marido quase perfeito...

O marido liga para casa a meio da tarde:
H - Olá, minha rainha! Como está o teu dia?
M - Tudo óptimo.
H - Que bom! E as crianças estão bem?
M - A brincar sem parar, não te preocupes.
H - Óptimo, perfeito! Elas já almoçaram? Alimentaram-se bem?
M - Sim! Comeram muito bem! Já fizeram os trabalhos de casa e agora estão a brincar.
H - Que bom! conta-me, minha linda, o que vai ser o jantar hoje?
M - O teu prato preferido e já meti cerveja no frigorifico...
H - Uau! Bife à milanesa e cerveja! É por isso que eu te adoro tanto! Bom... está tudo tranquilo em casa, então?
M - Fica tranquilo que está tudo bem.
H - Ah, mais uma coisinha: Tu prometes que, hoje à noite, vais usar aquele babydoll preto para mim?
M - Faço tudo para te agradar... E não vou esquecer o perfume que tu mais gostas!
H - Obrigado meu amor! É por isso te amo tanto...
M - Eu sei, eu sei...
H - Daqui a pouco estou contigo meu amor?
M - Vou ficar ansiosa à espera...
H - Agora faz-me um outro favor........chama-me a patroa, sim?

De novo


O comentador anónimo que me perdoe em ser sempre o mesmo.
Ás voltas com o arquivo fotográfico municipal, apanhei esta bela fotografia do Cinema STAR na avenida Guerra Junqueiro. Tinha umas cadeira muitíssimo confortáveis. Já lá esteve a Marks and Spencer, e agora não faço a mínima quem é que lá está. Era uma grande sala de cinema!

sexta-feira, 18 de maio de 2007

Ainda os Pequenos Vagabundos




Para todos nós, a Marion-des-neiges está parada algures no tempo, na sua beleza inesquecível, enquanto em fundo ecoa esta música.

E depois


É a vida meus amigos!

Antes


E no rádio era


Petite demoiselle

Mais uma colega

Encontrei numa festa do colégio da minha filha a Elisabete que me enviou um simpático email que transcrevo para todos!

"Que agradável encontro no cscm. Já fui ao blog e não sei onde é o suposto almoço.Também ja falei com outra filipense de minha turma "F".Vou passar palavra do blog a todos que eu ainda tenho contacto.A minha memoria fez alguns delets ao tempo do filipa mas de certeza que temos ligações também a nivel politico. ainda conservo o meu cartão JC. Ficamos a aguardar noticias do almoço. Saudações da antiga colega Elisabete."

Vou enviar um convite para ser também participante activa no blog

quarta-feira, 16 de maio de 2007

Wikipedia

Dia 19 vai ser decidido quanto à eliminação da entrada Liceu Filipa de Lencastre.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Liceu_filipa_de_lencastre

Os argumentos para a eliminar prendem-se com o estilo de escrita e com a falta de informação relevante na referida entrada.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikipedia:P%C3%A1ginas_para_eliminar/Liceu_filipa_de_lencastre

Penso que seria bom reescrever o texto enriquecendo-o com dados/factos concretos. Alguém se oferece/ tem dados para o fazer?

terça-feira, 15 de maio de 2007

Sábado 26 de Maio

Quem está com vontade em fazer no próximo Sábado, dia 26 de Maio um almoço de confraternização, onde as famílias podem também vir, peço que deixe na caixa de comentários, ou envie um mail a confirmar.

Obrigado

Novidades

Meus Caros

Por ocasião de mais uma pequena obrigação paternal encontrei mais uma colega que, pelo menos assim o espero, nos dará novidades de mais uns companheiros para fazer crescer este espírito.

Estou à espera de um mail, ou um comentário!

domingo, 13 de maio de 2007

Petição

To: Presidente da Assembleia da República
A Sua Excelência o Senhor Presidente da Assembleia da República Excelência,
Verificado o cumprimento dos pressupostos legais para o exercício do direito de petição colectiva, no caso uma representação, vêm todos os signatários manifestar a sua discordância com a trasladação dos restos mortais de Aquilino Ribeiro para o Panteão Nacional, por deliberação da Assembleia a que Vossa Excelência preside.
Mais vêm manifestar esta discordância de uma forma determinada e expectante. Determinada e expectante, Senhor Presidente, porque a Assembleia da República, independentemente de considerações de natureza cultural, deve atender ao facto, historicamente provado, de Aquilino Ribeiro ter participado na conspiração para o assassinato do Chefe de Estado de Portugal, em 1 de Fevereiro de 1908, Sua Majestade El-Rei D. Carlos, e Seu Filho, Sua Alteza Real o Príncipe Dom Luis Filipe.
A contradição, Excelência, parece-nos díficil de ultrapassar: considerar herói nacional, propor como exemplo às gerações vindouras, alguém que participou na preparação de atentados terroristas e que foi preso por isso mesmo; alguém cujo processo por participação em atentados bombistas foi levado a tribunal em 13 de Fevereiro de 1908, juntamente com mais dois arguidos; alguém que depois veio branquear o seu passado e sacudir as mãos à varanda de Pilatos, confunde-nos o espírito de portugueses e de ocidentais, defensores da democracia e dos direitos humanos. Com esta trasladação, a instauração da República fica equiparada ao acto do regícidio!
Mas, Senhor Presidente, Herói e Assassino são antónimos. A sua conjunção é uma impossibilidade ética. E, se não se confirmar a impossiblidade legal daí decorrente, são um conceito apenas: um equívoco no coração da própria República! Vossa Excelência, personalidade de elevadíssima idoneidade e dimensão humana, constitui motivo de certeza para todos estes portugueses, em número de e de todos os outros que dentro e fora do território nacional têm o espírito em sobressalto, de que esta ignomínia ficará pela mera tentativa.
É o País inteiro que atento e grato pela procedência desta representação, vem assinar e dirigir a Vossa Excelência este grito muito forte e muito português: Deixem em paz as cinzas de Aquilino Ribeiro! Deixem que a Posteridade lhe teça os elogios literários que merecer! Mas não ergam em símbolo de cidadania quem deu provas de aceitar que os métodos terroristas e o assassinato de um Chefe de Estado são meios procedentes e legítimos para instaurar ideais políticos.
Não o coloquem no Panteão Nacional!

Assinar a petição

LET'S DANCE!

«Rock Lobster», The B-52's.

Serve esta posta para voltar à carga com a velha proposta de fazermos uma festa filipada à antiga com música do nosso tempo (basicamente a que passa neste blogue) e tudo. Volto a lembrar-vos que disc-jockeys temos vários entre os contribuidores deste espaço de convívio. Especialistas em catering parece que também há. No dia da matança do porco poderíamos começar a falar na coisa. Digo eu, que nem estou nada para festanças, mas alguém tem de manter a chama viva... Não me deixem é aqui a falar sozinho, que isso chateia-me à brava. Digam para aí coisas na caixa-de-comentários...

quarta-feira, 9 de maio de 2007

Cuidado


Há sempre um ouvido à escuta!

Para um publico mais restrito


Um universo de cultura

Uma revista de culto


dos 7 aos 77! os meus filhos já leram estas preciosidades!

Tantas paixonetas!


Era muita gira!

E esta?



Os "Pequenos Vagabundos", foi uma série exibida em Portugal na década de 70 e 80 na RTP, e que ao Sábado matinal encantava os miúdos dessa geração. O espirito de aventura, mistério, tesouros, ladrões túneis, castelos e muito perigo, era a essência transmitida a uma geração que pela primeira vez começava a ver televisão a cores. Esta série, uma co-produção entre as televisões RTB da Bélgica, França, Suíça e Canadá foi rodada em 1969 e ao contrário do que era habitual, foi realizada a cores.

Pierre Gaspard-Huit foi o seu realizador e conta com a interpretação de Béatrice Marcillac no papel de Marion, Phillipe Normand de Jean-Loup, Marc Di Napoli de Cow-Boy, Jean-Louis Blum de Byloke, Thierry Bourdon de Christian, Fréderic Néry de Franz e François Mel de Lustucru.A rodagem foi feita em Stavelot na Bélgica onde um facto curioso é o de as filmagens interiores do "Castelo sem Nome", terem sido rodadas no castelo de Beersel e as exteriores no castelo de Velves. Depois da série ter passado pelas televisões de todo o Mundo, com milhões de telespectadores, estes locais passaram a ser ponto de visita para muitos turistas. A HistóriaTudo se passa num campo de férias situado nas Ardenas belgas, onde um grupo de sete jovens se juntam e criam uma amizade emocionante. Depois de serem convidados a descobrir o tesouro dos templários, à muito perdido, vão viver a mais emocionante e misteriosa aventura das suas vidas, quando iniciam a caça ao tesouro.

sexta-feira, 4 de maio de 2007

Finalmente a verdade!

O Liceu Filipa de Lencastre já se encontra finalmente descrito na maior enciclopédia do mundo. O detalhe encontra-se aqui.

...ANÚNCIO...



...para os fotógrafos, cinéfilos, coleccionadores de postais, estudiosos olisiponenses, lisboetas, alfacinhas, filipados em geral...

quinta-feira, 3 de maio de 2007

Mas que sucesso!

Até agora já temos 9 coleguinhas que se manifestaram para assar o bicho.

Só se assar-mos um leitãozinho...

quarta-feira, 2 de maio de 2007

Lisboa em Postais

“A câmara não necessita ser um recurso mecânico. Como a pena, é tão boa como a pessoa que a utiliza. Pode ser o prolongamento da mente e do coração". John Steinbeck

O “ataque” ao Campo Pequeno levou-me aqui a revisitar a nossa Lisboa antiga…

terça-feira, 1 de maio de 2007

Aqui vai a Sobremesa para o Evento


Para acompanhar o café…

AGORA A SÉRIO

Já viram o que fizeram ao nosso jardim do Campo Pequeno?... Espreitem aqui (eu sei, não dá para acreditar!).

Emplastro

Mais uma dose do emplastro

O melhor do emplastro

Guess Who's Coming to Dinner


Na impossibilidade de comparecer à reunião pela distância trans-atlantica que nos separa, aqui vai no meu lugar um convidado com um cafézinho do Starbucks para as minhas colegas Filipadas. (É que…a foto do desdentado que aqui postaram, até me tirou o apetite…)



...e um filme que é quase tão antigo como eu…mas que VALE A PENA!

Para animar o evento V



Só com um tempo destes é que se admitem baldas!

Para animar o evento IV



Não vai faltar

Para animar o evento III


Só falta um ou outro detalhe

Para animar o evento II


E vem com esta roupa!

Para animar o evento I

Presença quase certa!

Mais um mail!

Caros

Como o meu amigo Pedro Mega escreve num post lá mais abaixo, também eu, Pedro Pinto andei no Filipa nesses tempos. Das minhas turmas foram o Mega, o João Brito (irmão do Adolfo), a Paula Pimentel, o Luis Gonzaga Araujo, a Mónica Oom, a Maria Morais Leitão, o Pedro Freitas do Amaral, a Teresa Schiappa, o Manuel Leitão, a Isabel Augusto, a Telma Calado, a Isabel Serpa, a Maria João Mendonça e tantos, tantos outros de quem, uns mais outros menos, perdi o rasto.

Grande ideia a de fazerem o blog, e não deve ser por acaso que é esta geração de Filipados "que se chega à frente". Estou convosco.

Abraços

Pedro Santos Pinto