sábado, 16 de janeiro de 2010

Que descanse em Paz

16 comentários:

Vera disse...

Uau...que idade é que teria? Nem fazia ideia de que ainda fosse viva...uma Personagem! Nenhum de nós a vai esquecer, de certeza!

Duarte Nunes de Almeida disse...

Gonçalo; a noticia é veridica ou trata-se de uma foto montagem? Se se tratar da primeira hipotese, saudações afectuosas para a Familia.

thebee disse...

Alguem podia dizer me quem era?
Eu estive no Filipa em 1974 e tive uma professora de alemao mas nao me lembro do seu nome. ela era muito loira. Seria ela?
Obrigada.
Silvia

Carlos Pereira Mendes disse...

bom...pelo menos respeitinho tinhamos muito....

LAS disse...

É com pesar que deparo com a notícia.
Não obstante os ovos, as suspenções, reprimendas, pacientes conselhos, reuniões com Associações, convocações de pais, sem dúvida uma das referências maiores daquele Liceu nos tempos em que por lá passámos.
Justiça à sua memória e sossego merecido à sua alma. Que Deus a receba com a mesma alegria que no fundo nos recebia sempre a nós.
Um abraço sentido desta geração à família (e ao filho, de que ainda me lembro).
Silvia: confirma-se, era a mesma professora de Alemão de um louro quase branco que a partir de 1976 ficou sempre à frente do Conselho Directivo.

Nuno Andrade disse...

Uma pessoa que fez parte da nossa formação enquanto Directora do Liceu Filipa de Lencastre, comandou com rigor esta instituição de educação fazendo do Liceu Filipa de Lencastre um símbolo de referência na Educação do País. Aqui fica o meu respeito por alguém que faz parte de mim sem que nunca a tenha conhecido.

thebee disse...

Las,
Eu nao tenho a certeza que foi a minha pofessora de alemao. Havia duas muito loiras. A minha nao sei se esteve no Conselho Directivo.
Lembro-me de uma senhora que tinha tido uma paralisia faciale. talvez nao seja a mesma??
Obrigada,
Silvia

Miguel Xara-Brasil disse...

Embora tenha estado reunido com “ela” algumas vezes, tenho a ideia que em nenhuma delas senti prazer em ali estar (vá-se lá saber porquê?), posso mesmo afirmar que tenho a leve sensação que me provocou algumas insónias e mesmo alguns pesadelos, mas estou certo que todos esses maus bocados que me “fez” passar só me fizeram bem.

Há coisas e pessoas que só valorizamos mais tarde, esta SENHORA foi uma delas, estou mesmo convencido que se não tivesse sido ela aquele liceu nunca teria representado para nós aquilo que hoje representa.

Muito Obrigado.

Carlos Oito disse...

Apesar de ter passado 8 anos no Filipa nunca a tive como Professora. No entanto, tive outros monstros sagrados do Filipa, em mais do que 1 ano, das quais destaco Maria dos Reis Bento (também uma presidente do CD mítica) e Liberata essa prof de Francês que nos fazia tremer quando iamos ver as pautas das turmas no inicio do ano.
Para a "Stora" Gudrum descanse em Paz. A melhor homenagem que lhe podemos fazer é a existencia deste Blog.

Oito

Anónimo disse...

Então não me lembro da Srª Prof. Gudrun?? Claro que me lembro da nossa presidente do CD. Todos nós lhe tinhamos muito respeito. Um forte e sentido abraço á família.
Carlos Serejo

LAS disse...

thebee (mais qui est-vous?): não me lembro de nenhuma paralesia, esta era muito baixinha...

Anónimo disse...

Lembro-me bem dele. Era severa mas justa. Arranjou maneira de me "colocar" no Luistânia durante o 1 ano mas não se opôs ao meu regresso ao Filipa.
Que tenha lá em cima a paz que não lhe demos cá em baixo.

Anónimo disse...

ass: tomaz bairros

The Design Nomad disse...

A professora mais temida do Liceu. Estive 2 ou 3 vezes no gabinete para levar uns "puxões de orelhas" e não me sai da memória a velocidade a que nos levantavamos das carteiras em sentido quando ela entrava na sala para fazer alguma comunicação.

Apesar de tudo, no ano e que precisamos de autorizações e ajuda institucional para organizar o concerto dos Xutos/concurso de bandas e de fazer o concurso de moda (um fiasco) no liceu, o apoio foi total. Uma surpresa bem vinda.

Descanse em paz.

Miguel Nobre disse...

Sou do tempo em que a Sra. levou com um ovo na testa, durante os "festejos carnavalescos". Intercalávamos este tipo de actividades com as incursões no Padre António Vieira... LOL!
Confesso que não tenho muito boas recordações da Sra. mas desejo que descanse em paz!

Miguel Nobre disse...

Xiiiiiiiii.... Lembram-se do corvo que ela tinha no gabinete? Era um corvo não era?