segunda-feira, 23 de abril de 2007

Aluna do Filipa de 79 a 84

Só respiramos verdadeiramente quando nos encontramos ligados aos outros por um fio comum que se situa fora de nós. Nós, filhos da idade do conforto, sentimos um inexplicável bem-estar quando dividimos os nossos últimos víveres no deserto ~Saint-Exupéry

Mas que iniciativa louvável!
Andava eu aqui a bisbilhotar na internet coisas do nosso Portugal, quando “Filipa de Lencastre” me deixou à porta do liceu.
Recordei os betinhos, as calças apertadinhas que até cortavam a respiração, um celebre assalto à aula de filosofia, os gelados da Surf e as visitas ao “Amarelo”, as celebres batalhas de ovos à porta do Filipa, e tanta coisa mais.
Ja la vão quase 30 anos, mas ainda consegui rebuscar dois dos meus livros de História



e alguns dos meus pontos antigos.



À falta de lembrança de nomes completos, aqui vão as turmas em que andei:

78/79 7° C N°8
79/80 8° B N°4
80/81 9° A N°10
81/82 10°A2 N° 1060

Recordo-me do Pedro Mega, Pedro Vozone, Miguel Andrade, Vera Machado (se não me engano), Teresa Schiappa, e muitos outros. Agradeço que me refresquem a memória.
Mesmo distante do nosso país ( apenas fisicamente), seria um prazer fazer parte deste blog.

Saudações a toda a filipada,

Isabel Maria Fragoso Augusto

5 comentários:

João Marchante disse...

Bem-vinda!
Ainda para mais, com um blog individual tão especial (já coloquei o teu delicioso A Room of One's Own na coluna dos nossos links — isso sei eu fazer).
Só há uma coisa de que não me conformo: andei no Filipa de 78 a 84, fui presidente da Associação de Estudante em 83/84 (tinha obrigação, pois, de conhecer todos os alunos), mas não consigo lembrar-me de ti...
De qualquer forma: um beijo "filipado" trans-atlântico!

Isabel disse...

Obrigada pela recepção! Quanto à falha de memória...ahhh João...já la vão mais de 3 decadas. Confesso que eu também tenho dificuldade em associar nomes e caras. Por isso achei estupenda a ideia deste blog. Espero que todos continuem a enriquece-lo.

Pedro Mega disse...

Caríssima Isabel,
São sempre bons estes reencontros.
O teu nome sempre fez parte destes momentos tão bem vividos e das minhas recordações dos mesmos.
Ou estou a fazer uma confusão medonha, ou moravas na zona da Av. Praia da Vitória, ou então numa daquelas transversais...
Se calhar, se nos cruzarmos na rua, não nos reconheceremos, mas é sempre muito agradável saber que quem nos acompanhou durante tanto tempo, mesmo estando tão distante, se encontra bem.
O que fazes tu nos States, rapariga?

Isabel disse...

Ola Mega!
Eu vivia perto da Alameda.
E na celebre aula de filosofia, sentava-me na fila da janela. Se não me engano, tu estavas na segunda fila a contar da porta . Mas claro, a memoria já me falha, e muito. No entanto este blog tem ajudado a recordar muita coisa.
Vivo para aqui ha mais de duas decadas, mas sempre com um especial carinho pelo meu país, e visitas a familia sem conta. As vezes já ma falha é a gramatica…por isso desculpem lá.

Miguel Andrade disse...

cara isabel...benvinda sejas a este nosso espaço de "combíbio"...
andei um ano à tua frente e como há aqui 2 Migueis Andrades deves ter sido colega do outro...mas eu não levo a mal..ehehe